Uma degustação de ... Azeites

Fazer uma mesa bonita, inventar um pretexto para reunir gente querida à volta dela e passar uma noite gostosa, comendo, bebendo e conversando, são prazeres que considero verdadeiros luxos.

IMG_2868.JPG

De vez em quando, o pretexto é: temos que consumir logo esses azeites que trouxemos de viagem!

Porque adoro azeites e, normalmente, trago alguns cada vez que saio por aí.

E é verdade: quanto mais cedo após a colheita e a prensagem o azeite for consumido, mais intacto e preservado em suas características ele está!

L1070483.jpg

Às vezes, compramos aqui mesmo algumas garrafas só para provar algumas possibilidades diferentes e trocarmos impressões com gente querida!

E aí, fazemos na nossa casa, as tais degustações de azeite :))

E, só para lembrar, tudo começa assim .... com as oliveiras

L1050225.JPG

Depois vêm os seus frutos que ao serem colhidos, são bastante amargos. Mas lindos!!!!

DSC03252.JPG

E quando essas frutas de tantas espécies diferentes de oliveiras passam pelo processo de salmora que dura 1 ano ou mais, ficam no ponto e deliciosas para serem saboreadas!

As olivas verdes, são colhidas ainda verdes.

As pretas, ficaram nos pés por mais tempo e amadureceram.

Esta é a diferença entre azeitonas verdes e pretas.

IMG_0419.jpg

Os elementos básicos de uma degustação de azeites são: eles, os óleos, os pães (que quanto mais simples melhor mas sempre da melhor qualidade!), sal (que dão um toque interessantíssimo), umas tapenades e, claro, um bom vinho!

L1070500.JPG

Aliás, temos alguns tipos de sais bem variados em casa.

E é divertido experimentá-los com os azeites.

Eu, particularmente, prefiro os azeites e os sais sem "sabores".

IMG_2897.JPG

Na mesa, em cada lugar coloco um pratinho, uma combuquinha pequena que servirá para receber o azeite, os copos e um copinho especial de degustação de azeites.

L1070496.jpg

Estes copinhos são de vidro, abaulados, sempre na cor azul cobalto e com um tipo de pratinho para fechar a boca do copo.

Com estas características, pode-se "aquecer" o azeite durante alguns segundos entre as mãos, não se vê a cor e a transparência do azeite (que podem influenciar na análise) e os aromas são preservados.

L1070493.jpg

Mas se voce não gostar de provar os azeites puros e preferir experimentá-los com um pãozinho como eu também prefiro, os azeites são derramados nas combuquinhas. Sempre brancas!

L1070494.JPG

Mas a brincadeira entre os amigos à mesa é mais do que isso!

Normalmente, temos o número de garrafas de azeites igual ao número de pessoas à mesa.

Isso para que cada um possa escolher um azeite e participar da brincadeira.

As garrafas já estão marcadas mas ao escolher uma delas, cada um coloca um sticker com o mesmo número, na sua combuquinha.

E aproveita para ler para todo mundo as características do rótulo e contar um pouquinho do que aquela garrafa contém.

L1070499.jpg

Derrama o azeite escolhido, faz sua prova, experimenta quantas vezes quiser e dá suas impressões.

Depois disso, passa sua combuquinha a quem está ao seu lado e assim sucessivamente, até que todos da mesa tenham provado aquele azeite.

Em seguida, uma outra pessoa escolhe outra garrafa e a brincadeira continua!

L1070462.JPG

Na nossa casa, este encontro normalmente é demorado, divertido, e uma forma muito fácil de receber os amigos.

Dá trabalho zero e, caso alguém ache que jantar azeites com pão é muito pouco, a sugestão é ter uma massa ali no forno just in case !


  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa

Delícias da Vida: minha família - marido e filhas, minha casa que é o melhor lugar e ...  viagens!

As Filhas, sempre por perto, nem que de vez em quando, virtualmente.

Em casa, a Mesa posta com carinho, boa Comida, um Vinho ou Borbulhas geladas e Gente Querida!!!

Nos planos, sempre um Novo Destino e em Boa Companhia!

É disso que falo aqui: Estilo com Inspiração, Criatividade, Talento, Ideias, Inovação, Paixões, Originalidade .... Experiências!

Já passei dos 50, sou de Capricórnio com ascendente em Aquário e, assim, estou cada vez mais Leve e querendo Compartilhar as Boas Coisas da Vida!

 

 
Escrito por Mia Athayde