SP Arte 2015

Ontem, quarta feira dia 8/abril, começou a SP Arte deste ano.

A primeira edição da SP Arte aconteceu em 2005.

Eu estava lá e adorei o projeto de um grupo de galeristas que resolveu reunir num único espaço e durante poucos dias, seus acervos e os trabalhos dos artistas que representam.

Desde lá, a SP Arte só cresceu, ganhou corpo, ampliou seu conteúdo e os números ficam cada vez mais superlativos.

O local onde este evento ocorre no entanto, permanece o mesmo!!!

Ainda bemmmmmm !!!!!

Porque esse lugar mágico que é o prédio da Bienal no meu perceber, concorre com as obras de arte.

Eu me pego sempre pensando .... O que é mais forte, mais instigante, mais inspirador e belo ?

As curvas sinuosas, elegantes, sensuais e equilibradas do projeto do Oscar Niemeyer ou os trabalhos que elas recebem com tanta altivez?

Comecei meu passeio pelo último piso e lá, magestoda e alegre, a instalação toda azul e brilhante, luminosa e mutante, “Sphere Bleue”, de Julio Le Parc.

Esses bonequinhos articulados (tenho um em casa com o símbolo do Super Homem no peito) que acho uma graça, estavam de mãos dadas e faziam uma grande roda na instalação “Cirandar Todos”, de José Damasceno.

Jacopo Crivelli Visconti, curador desta SP Arte diz: “Não há uma temática comum, mas algumas relações entre os artistas estarão visíveis na exposição. Há obras com viés mais político, enquanto outras são mais formalistas”.

Não entendo de arte e o que vi, foram trabalhos muito diversos, de jovens artistas ou de nomes consagrados, algumas obras grandiosas, outras minimalistas ...

Muitas coisas interessantes mas outras tantas, não me disseram nada.

Mas gostei deste bueiro com "água" derramada do Vanderlei Lopes!

De repente, dei de cara com uma performance ... achei muito louco e até (desculpem a palavra) meio nojento ... e não entendi nada ... Mas fui atrás para tentar saber o que se passava ali ...

A performer, trajando vestido de algodão cru, age sobre instalação formada por chão de lona branca (6mx10m), varais de fio de aço, mesa redonda de madeira ao centro, talheres e louças, cestos de vime cheios de cabelos e diversas vasilhas com mel, melado e glucose. Durante horas, a artista junta tufos de cabelo com o mel/melado/glucose e pendura a mistura nos varais. Aos poucos, a gravidade puxa os pedaços de massa para o chão. O vestido da performer, assim como o chão, os varais e os utensílios,vão se manchando com os materiais que a performer junta, sempre em gestos simples, com as mãos.

Na SP Arte, galerias brasileiras e de outros países apresentam trabalhos em diversos formatos.

Neste aí embaixo, as imagens iam se alterando e se alternando ... neste momento, euzinha batizei o que via: terra, ar, fogo e água .. os 4 elementos!

Anish Kapoor causa interesse!

Olha só como este trabalho se transforma!

E eu, claro, também fiz mais um Anish Kapoor selfie :))

Algumas esculturas ....

Olga do Amaral dourando a Bienal!

Estes círculos em aço sobre acrílico eram muito simpáticos ... O trabalho é de Jack Pierson e se chama In Circles.

Damien Hirst e seu crânio estendido ... gostei!

E esses aliens? São da Maria Martins.

A obra se chama O Impossível e é da década de 1940.

E no cubo de mármore, um tubo diagonal dourado !!!! Linda esta peça!

José Damasceno coloriu com giz de cera um espaço em branco ...

Olha no detalhe !

E o Vicky Muniz deu todas as dicas !!!!

Kama sutra by VM :))

Gostei também destes trabalhos da Leda Catunda !!!

Cores em aquarelas lindas!!!!!

Os mini monolitos de Mayana Redin, refletidos no espelho !

Num espaço democrático com este, encontramos nomes consagrados!

O americano do Brooklyn com nome francês _Jean Michel Basquiat que morreu tão cedo .. aos 28 anos ...

Miró

Fernando Botero

Bom, deu para ter uma ideia do que vc pode encontrar na SP Arte se for até a Bienal de amanhã à domingo!

Abra os olhos e a cabeça porque dizem que arte é simples, controversa, confusa, plural ... enfim....

E como diz a obra aí embaixo ...

:))


  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa

Delícias da Vida: minha família - marido e filhas, minha casa que é o melhor lugar e ...  viagens!

As Filhas, sempre por perto, nem que de vez em quando, virtualmente.

Em casa, a Mesa posta com carinho, boa Comida, um Vinho ou Borbulhas geladas e Gente Querida!!!

Nos planos, sempre um Novo Destino e em Boa Companhia!

É disso que falo aqui: Estilo com Inspiração, Criatividade, Talento, Ideias, Inovação, Paixões, Originalidade .... Experiências!

Já passei dos 50, sou de Capricórnio com ascendente em Aquário e, assim, estou cada vez mais Leve e querendo Compartilhar as Boas Coisas da Vida!

 

 
Escrito por Mia Athayde  
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now