Tudo começa e termina em uma árvore

03.09.2016

E assim, a vida se perpetua em formas sinuosas, nas atitudes sustentáveis e em novas funções que Hugo França cria para suas esculturas.

foto do site Hugo França - Inhotim

 

E é precisamente isso que o artista nos apresenta na exposição lindalindalinda que está acontecendo no Museu da Casa Brasileira (MCB), em São Paulo e que fica em cartaz até o dia 16 de outubro/2016.

Hugo França só usa madeira de árvores que já estão condenadas pela natureza ou pela ação do homem. Em especial, o pequi-vinagreiro, árvore praticamente extinta e com a qual produz 90% de sua obra.

A exposição chama-se Escalas em Contraste e é espetacular perceber o que realmente isso significa!

“Há muito tempo queria reunir as miniaturas das minhas criações em uma ocasião especial. Nada melhor que ter o Museu da Casa Brasileira como palco para mostrá-las pela primeira vez ao público, já muito acostumado a ver minhas obras em grandes tamanhos”, comenta Hugo França.

E veja só como é interessante esse exercício!

No atelier do artista, sempre foi usual a confecção de peças em tamanho reduzido, idênticas às grandes obras.

E este trabalho que poderíamos chamar de "paralelo", tem despertado a admiração e o interesse de quem as observa.

Foi assim que surgiu a ideia de fazer uma exposição com este contraponto ... os contrastes!

Acima, a obra ...

Madeira Pequi / 485 kilos / medindo 93 x 290 x 185 cm

Abaixo, a miniatura ...

A minha foto (abaixo) não faz jus à grandiosidade deste trabalho ...

Mas esta imensa mesa em balanço é espetacular!

Minha respiração ficou acelerada e meus olhos se arregalaram quando a vi.

E tive que passar as mãos pela madeira, fechar os olhos e sentir uma maciez impressionante ao escorregar a palma das mãos pelos contornos, pelas curvas pelas saliências e depressões ...

A miniatura e as informações ...

Esta peça foi produzida com o resíduo florestal de uma raiz de Pequi Vinagreiro encontrado no sul da Bahia. Estima-se que a árvore tenha vivido 1200 anos.

Impressionante, não?

Logo na entrada da exposição, a Escultura Jardim nos recebe!

Ela foi feita com um resíduo de uma árvore do Jardim do MCB, que estava condenada e foi entregue ao artista no contexto da renovação das espécies nativas do Museu.

A própria peça teve o registro das etapas do trabalho que está na exposição.

Recomendo muito a quem gosta deste tipo de trabalho que vá conhecer de perto essas obras monumentais e tão impactantes.

As mini reproduções ao lados delas, dão a esta mostra uma conotação ainda mais impressionante.

Veja o texto de abertura da exposição, feito pela crítica de design Adélia Borges:

“As peças de Hugo França exercem uma espécie de magnetismo nas pessoas. Elas induzem o olhar, o toque, a proximidade do corpo. Continente seguro e sólido, nos convidam a nos aninharmos nelas. Acho que essa atração ocorre porque elas trazem em si a força da natureza, e assim comunicam-se com algo de primordial, de ancestral dentro de nós. Se são brutalistas, pesadas, ao mesmo tempo trazem um toque de suavidade, de gentileza. Pois é gentil o trabalho do designer frente às toras e raízes de árvores caídas ou pedaços de canoas que encontra: ele “apenas” esculpe a madeira, encontra em cada pedaço a forma que aquele pedaço quer ter (ou sugere). Assim, não descaracteriza a matéria, não faz contorcionismos com ela; limita-se à intervenção mínima suficiente para dar-lhe uma nova vida, como móvel ou como escultura. Hugo trabalha na mesma linhagem dos grandes mestres Zanine Caldas e Franz Krajcberg, e deve sua iniciação aos índios pataxós, do sul da Bahia. Segue, portanto, uma trilha antiga, que com sua atuação ele ajuda a alargar para chamar as novas gerações a seguirem fazendo um uso reverencial desta matéria-prima tão caracteristicamente brasileira.”

 

Vá ! e depois, aproveite o jardim do museu ...

E dê uma passadinha na lojinha, a AMMA Store.

Ela também está bacanérrima !!!!!

MUSEU DA CASA BRASILEIRA

AV. B. FARIA LIMA 2705 
SÃO PAULO 01451-000T +55 11 3032 3727

 

 

Please reload

November 14, 2017

October 27, 2017

August 25, 2017

August 22, 2017

Please reload

  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa

Delícias da Vida: minha família - marido e filhas, minha casa que é o melhor lugar e ...  viagens!

As Filhas, sempre por perto, nem que de vez em quando, virtualmente.

Em casa, a Mesa posta com carinho, boa Comida, um Vinho ou Borbulhas geladas e Gente Querida!!!

Nos planos, sempre um Novo Destino e em Boa Companhia!

É disso que falo aqui: Estilo com Inspiração, Criatividade, Talento, Ideias, Inovação, Paixões, Originalidade .... Experiências!

Já passei dos 50, sou de Capricórnio com ascendente em Aquário e, assim, estou cada vez mais Leve e querendo Compartilhar as Boas Coisas da Vida!

 

 
Escrito por Mia Athayde  
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now